11.4.10

Textos para outros artistas


.
Não acho natural que uma exposição de arte seja avalizada por um texto. Numa obra, somente sua própria voz me interessa. Ou sua mudez. Eu raramente leio textos críticos. Plotados na parede, em folder ou catálogos, então, eu me recuso. É da minha ética purista.

Essa ditadura do texto me soa a musak.

Quando um artista me convida para escrever um texto, ele sabe que eu não sou crítico e não escrevo nesse tom. Não me coloco fora e nem acima de seu trabalho. Entro. Meu texto será sempre uma derivação da obra para a qual escrevo. Submeto-o, inclusive formalmente, a ela. Ele surge dela, sua estrutura só será possível porque a obra a que ele se refere existe.

Penso como se a obra, ou exposição, fosse uma melodia. Vou lá e invento uma letra.

* * *

Uma Escritora
Texto escrito para projeto ainda inédito de uma publicação, sobre o trabalho de Marilá Dardot.

Texto escrito para o projeto COLEÇÃO, 2008, de Regina Melim. Para mais informações, clique aqui.

Texto escrito para a exposição "e quem quiser que conte outra...", de Katia Fiera, agosto de 2009, dconcept Escritório de Arte, São Paulo, SP, Brasil.

Texto escrito para a exposição "Desvio, o fim das coisas", de Adriana Aranha, maio de 2010, FUNESC, João Pessoa, PB, Brasil.
..
Texto escrito para e sobre a 29a Bienal de São Paulo, setembro a dezembro de 2010, a convite da editoria do site da mostra.

Texto escrito para a exposição Entre a Palavra Pêncil e a Escrita Porosa, de Raquel Stolf, outubro de 2011, Memoria Meyer Filho, Florianópolis.

Texto escrito para Ricardo de Castro, sobre sua prática abravanada.

Ricardo, texto escrito para a exposição Transformer, de Ricardo de Castro, junho de 2012, Casa Triângulo, São Paulo.


Este texto acompanha esta exposição, texto escrito para a exposição A Imagem do Texto no Texto da Imagem, de Leonardo Araújo e Gustavo Colombini, no Centro Cultural Sistema Fiep, novembro de 2012, Curitiba.

Piscina, texto escrito sobre a obra Piscina, de João Loureiro, para Escrituras Sobrepostas, de Galciani Neves, proposição realizada dentro do projeto Leituras Sobrepostas, do 18o Vídeobrasil, Sesc Pompeia, São Paulo, Janeiro de 2014.